mamâe e bebê

Sou a mãe do Nicolas, não tem nada que me descreva melhor do que isso. Sou também fisioterapeuta, especialista em neurologia e instrutora de pilates.

Hoje em dia sou mãe em período integral, tenho ele comigo 24 horas por dia, ele me acompanha em todas as minhas outras funções, que são administrar um estúdio de pilates, o Studio KaPri e ser fisioterapeuta, minha outra grande paixão. 

© Copyright – 2018 Materhood.     Todos os direitos reservados.

Amamentação e os dentinhos


Chegamos aos 10 meses, estávamos no auge da amamentação, tudo lindo e fluindo tranquilamente. Melhor momento do dia, conexão pura, tudo sensacional mas aí eis que surge um dentinho (até que demorou né, ele está com 10 meses agora) e o que estava simplesmente perfeito se transforma em dor, muita dor. 


O dentinho fica raspando durante toda a mamada, aquele dente bem afiado, cada sugada uma lágrima escorre. Alguém me explica como um pequeno e único dentinho pode fazer um estrago desses? 


Meu marido me vê sofrendo assim e não entende, fala pra eu dar a fórmula logo, que não preciso passar por isso, mas ele também não entende como é delicioso amamentar, então um mês a mais ou a menos pra ele tanto faz, mas pra mim faz toda a diferença do mundo; 

Minha meta é chegar em pelo menos 1 ano, falta pouco, mas sinceramente nesse momento não sei como será, já falei que dói, muito mesmo.



Estou vivendo cada dia por vez, espero que logo o peito se acostume, ou ele aprenda a mamar diferente e pare de doer tanto assim. Amanhã é outro dia, por enquanto seguimos amamentando.


Escrevi esse texto no auge da dor, agora já superamos esse momento, seguimos por aqui com muito tetê e nenhuma dor. A amamentação foi mantida com sucesso, usei o hidrogel da medela durante 1 semana e ajudou a cicatrizar, após isso não tive mais problema.


O segundo dente está prestes a nascer, quando nascer conto pra vocês se passei pelo mesmo processo novamente se foi mais tranquilo.