Dicas Introdução Alimentar


Nesse texto vou escrever de forma simples coisas que gostaria de ter lido quando comecei a introdução alimentar por aqui, como já disse em outro texto, tentei uma abordagem e não estava nada bom aí fui estudar e pesquisar, passamos a utilizar o método BLW e nossa vida mudou, por isso resolvi escrever coisas que li e que me deixaram mais tranquilas pra uma introdução alimentar respeitosa


* No começo seu filho (a) não vai comer, ele vai conhecer, explorar, jogar no chão e ás vezes colocar na boca, não se preocupe

* O leite continua sendo o principal alimento do seu filho (a) até um ano de idade (leite materno ou fórmula)

* Ele vai fazer muita bagunça, mas assim ele vai aprender a manipular os alimentos

* Apresente os alimentos, mostre o que é, a forma, cor, textura

* Tem dias que ele vai comer mais que outros

* Vão ter alimentos que passará por fase de paixão, depois perde o interesse. Outros ele pode sempre gostar e outros nem ter o interesse de levar a boca

* Nossa função é oferecer alimentos saudáveis

* No inicio eles não sabem que a comida alimenta, se for tentar dar comida quando estão mortos de fome não dá certo

* Tenha paciência

* Evite ouvir os outros

* Respeite seu filho e o tempo dele, ele vai comer, pode demorar um pouco mais ou menos, mas crie uma relação saudável da comida com ele, não force, não fique maluca se um dia ele não comer. Tudo tem seu tempo, a gente não come a mesma quantidade todo dia certo

* Pesquise os cortes seguros para oferecer cada alimento

* Faça as refeições junto com ele, no inicio eles levam a boca por imitação, seja espelho

* Fique tranquila, estude, leia e continue amando e oferecendo o melhor pro seu bebê


Dicas de dois igs que amo e me ajudaram demais na introdução alimentar respeitosa por aqui.

https://www.instagram.com/bebedenutri/

https://www.instagram.com/mundoblw/


Mamães, curtam essa fase de exploração dos alimentos é muito lindo observar como eles adquirem as habilidades para manipular os alimentos







mamâe e bebê

Sou a mãe do Nicolas, não tem nada que me descreva melhor do que isso. Sou também fisioterapeuta, especialista em neurologia e instrutora de pilates.

Hoje em dia sou mãe em período integral, tenho ele comigo 24 horas por dia, ele me acompanha em todas as minhas outras funções, que são administrar um estúdio de pilates, o Studio KaPri e ser fisioterapeuta, minha outra grande paixão. 

© Copyright – 2018 Materhood.     Todos os direitos reservados.