Estudar para ser mãe

Atualizado: Jul 1

Quando você decidiu o que iria fazer da sua vida profissionalmente você estudou e se dedicou a aprender sua profissão, certo?

Aí engravidamos e achamos que não precisamos aprender e nem estudar sobre a tarefa mais importante da sua vida, educar e criar um serzinho. Achamos que tudo será natural, e acredite, muiiito é instintivo mesmo, saber acolher, passar a entender os choros, tudo isso é natural e realmente ninguém conhece e entende mais nossos filhos do que nós mesmas, mas o conhecimento nos ajuda tanto que deveria ser obrigatório junto com o pré natal.


A informação correta me ajudou em diversos momentos do meu maternar, me ajudou a conseguir estabelecer uma amamentação de sucesso, uma alimentação saudável e respeitosa e a entender, respeitar e educar meu filho com firmeza e gentileza. Conhecimento é libertador e se eu puder dar uma dica pras mamães é, estude, aprenda, busque conhecimento, corra atrás e se dedique mesmo que um pouco a função mais importante da sua vida.


Palpites são ótimos e ao mesmo tempo desestabilizadores, porque palpites demais para uma mãe de primeira viagem podem confundir mais do que ajudar, então ter fontes seguras e confiáveis nesse processo ajuda tanto que não consigo nem descrever, ter clareza do que fazer e de como agir diante de um comportamento é fundamental.


Isso tudo não significa que não vamos errar, claro que não, somos humanas e estamos em constante aprendizado, mas com toda certeza nos ajuda a saber retomar a direção.