Gestar

Sempre me imaginei uma grávida loucamente apaixonada pelo momento, sempre achei a mulher linda grávida, melhor momento da vida mas comigo não foi bem assim

Tive 3 gestações, uma foi um aborto espontâneo logo no início e as duas outras que me deram meus meninos, todas elas valeram muito a pena, foram planejadas e passaria por tudo novamente, mas estar grávida pra mim não é nada prazeroso como imaginava, muito pelo contrário


A gestação do Nico foi caótica, 9 meses passando mal, muitos momentos turbulentos (que já contei em outros posts) e todos me falavam que cada gestação é única então que não precisava me preocupar, que a próxima gestação seria muito diferente

Próxima gestação e eis que começamos tudo de novo, vômitos, azia, dor e por aí vai, quando percebi que seria uma gestação parecida com a anterior fiquei bem abalada

A gestação pra mim parece que demora 3 anos e meio, não consigo me sentir bonita, tenho milhões de incômodos e um mal estar que toma conta de mim.


É um momento que não sinto falta nenhuma depois que passa, como já disse, vale muito a pena e passaria por tudo novamente pra ter meus meninos mas dizer que tenho saudade da barriga aí não dá

O pior de tudo é que me sinto tão culpada por não “curtir” estar grávida, todos te imaginam numa felicidade extrema e sim você está assim, mas você não consegue sentir isso no seu corpo.

Dói quadril, hemorroida estoura, bexiga te dá uma pontada cada vez que levanta, falta ar, tem uma mini pessoa que chuta todos seus órgãos e nessa gestação ainda tem outra mini pessoa que te espera ansioso pra brincar enquanto tudo que você deseja é ficar quietinha pra não passar mal.


Isso com certeza foi o que mais me abateu nessa gestação, perceber que não conseguia ser a mesma mãe que sempre fui para o Nico, sentir que já desde a barriga precisava dar menos atenção pra ele porque eu simplesmente não conseguia, ver esse pacotinho que sempre me teve exclusivamente pra ele já tendo que dividir a atenção antes mesmo do irmão estar aqui do lado de fora não está sendo fácil

Tem dias que após ele dormir, choro, porque sei que não pude estar “presente” com ele como gostaria, ainda mais em meio a pandemia que ele só tem a mim. Como gostaria de estar melhor pra curtir os últimos momentos de filho único, mas não consigo. E ele, entende, como sempre, fica perto de mim em todos os segundos, principalmente quando não estou bem, ele quer cuidar, proteger, ajudar....

Tudo isso foi só pra dizer as outras mamães que tá tudo bem você não se sentir linda e plena nesse período, faz parte e passa, não se sinta tão culpada por isso. As mães que conseguem curtir e aproveitar a gestação, fico muito feliz por vocês e confesso que tenho uma leve inveja disso.

Gestar é realmente um milagre, poder gerar uma vidinha é incrível mas tudo bem não se sentir tão incrível assim no processo, não significa falta de amor.




e por aí, como foi a sua gestação? Nos escreva contando sua história


  • Instagram
  • Facebook ícone social

© Copyright – 2018 Materhood.     Todos os direitos reservados.