mamâe e bebê

Sou a mãe do Nicolas, não tem nada que me descreva melhor do que isso. Sou também fisioterapeuta, especialista em neurologia e instrutora de pilates.

Hoje em dia sou mãe em período integral, tenho ele comigo 24 horas por dia, ele me acompanha em todas as minhas outras funções, que são administrar um estúdio de pilates, o Studio KaPri e ser fisioterapeuta, minha outra grande paixão. 

© Copyright – 2018 Materhood.     Todos os direitos reservados.

Primeiro vale night

A primeira saída sem o bebê tem um misto de sentimentos: insegurança, alegria e culpa



Como moramos longe dos nossos pais, não tínhamos oportunidade de sair sem nosso filho e eu me acostumei a ter ele o tempo todo comigo.

Nosso primeiro vale night, foi no final de julho de 2018, Nicolas estava com 10 meses e iríamos a um casamento que começava as 20:00, horário que normalmente ele já estava dormindo.

Tive milhões de sentimentos antes e durante, como por exemplo, a insegurança de deixá-lo, afinal ele NUNCA ficou com mais ninguém além de mim e do meu marido e apesar de ter total confiança nos meus pais (que ficaram com ele nessa noite) eu não sabia como seria na hora que ele acordasse e nós não estivéssemos lá.

Tive também imensa alegria por me arrumar e sair com meu marido, coloquei brincos grandes, salto alto e uma bela maquiagem, me senti linda (o que após ter um filho não é assim tão fácil, ou pelo menos pra mim não foi fácil).

E claro, não podia faltar, o sentimento de culpa, por sair e deixar seu filho, mas esse não tomou muito espaço não, veio só de relance.


App iSitter

Descobrimos na noite anterior um app chamado iSitter, ele permite que, conectado com outro dispositivo, possa acompanhar seu bebê tipo uma babá eletrônica pelo celular.

Instalamos antes de sair e de vez em quando dava uma espiada pra ver como ele estava, o que facilitou muito a minha saída.


Como foi a noite

Deixei meu leite na geladeira e expliquei que em último dos casos pra dar a mamadeira, pois se ele acordasse antes das 3 da manhã que não seria fome, que era só embalar e ele voltava a dormir.


Até meia noite ele dormiu tranquilamente, nesse horário ele acordou e estranhou um pouco, meus pais nunca tinham ficado com ele a noite e também foi uma experiência diferente pra eles, não sabiam muito como agir.

Assim que ele acordou qual foi a primeira coisa que meu pai tentou fazer? Claro que foi dar o leite, mas ele não quis.

Nicolas demorou mais de 1 hora pra voltar a dormir, mas não ficou chorando e nos pudemos continuar na festa.


Chegamos em casa próximo das 4 da manhã, curtimos demais nosso primeiro vale night. Foi muito bom passar um tempo com o marido e os amigos, nem liguei pro cansaço do dia seguinte quando as 7:30 Nicolas acordou cheio de energia, valeu a pena.