Nota sobre a vida que não chegou a nascer

Eu achei que tinha superado

Achei que não doía mais

Mas assim de repente fui tomada pela lembrança do vazio que aquela gestação me causou, aquele vazio que continuou fazendo parte do meu ser, mas ficou escondido com a alegria da chegada do meu filho.

Foi preciso uma pessoa especializada pra entender o que me angustiava e aí fomos fundo nessa primeira gestação.

Entendi que eu já era mãe sim, daquele bebê que precisou passar pelo meu ventre e que teve uma rápida passagem, não por erro meu ou de ninguém, mas porque era só isso que ela precisava.

Esse bebê faz parte da minha história, das minhas energias e estará ligada pra sempre na nossa família.

Mês passado fiz uma terapia e nela eu pude entrar em contato com essa dor, perceber que a ferida estava aberta e me curar dela, não porquê deixei de sentir, mas sim porque passei a entender.

Nessa semana pela primeira vez desde dezembro de 2016 consegui ouvir a música que marcou esse período e não chorei, pelo contrário, sorri ao lembrar daquela gestação.

Hoje compreendi que minha família somos nós 4, mamãe, papai, Nico e nossa mini pessoa que foi embora antes de nascer, mas que sempre estará ligada à nós e nós a ela

Obrigada por me fazer mãe! Um dia a gente se reencontra viu.



#materhood #aborto #abortoespontaneo #maededois #maedeanjo

  • Instagram
  • Facebook ícone social

© Copyright – 2018 Materhood.     Todos os direitos reservados.