Paris com criança

Atualizado: 16 de Out de 2019

Passamos 6 dias em Paris, foi nosso primeiro destino da Europa, saímos completamente apaixonados pelos parques e espaços públicos disponíveis e super bem cuidados. Consegui muita informação sobre locais para crianças antes de ir e eles serviram como base que eu pudesse fazer o nosso roteiro. Tentamos mesclar sempre os pontos turísticos com tempo e espaço para brincar.

Vou passar o roteiro que fizemos e o que curtimos mais dele.


DIA 1

Fomos de metro até a estação Trocandero, o metro em Paris é terrível para andar com carrinhos, quase nenhuma das estações tem escada rolante ou elevador e possui muitas escadas para subir e descer.

Chegamos no Trocandero de lá a vista é linda e perfeita para as fotos com a Torre Eiffel de fundo.




Descendo na direção da Torre tem um parquinho do lado direito e o carrossel no final da rampa.



Parquinho com piso emborrachado e todos os brinquedos com indicativo da idade. Tem um trepa trepa super diferente e estava bem vazio, ótimo pra aproveitar os escorregadores.



De lá pegamos o BatoBus na parada da Torre Eiffel, ele é um barco que faz paradas nas principais atrações turísticas, tipo o onibus hop on hop off mas que faz o trajeto pelo rio. Achei que dessa maneira iria ser mais divertido para o Nicolas e acertei em cheio, ele amou passear de barco e ai em cada parada nós descíamos e conhecíamos a região, depois voltávamos e pegávamos o barco novamente pra ir pra próxima parada.


O ingresso para 1 dia era 17€ e para 2 dias 19€, optamos por comprar para 2 dias pois tem uma parada próximo do local que estávamos e seria mais fácil no dia seguinte pegar o barco que o metro. Além do visual que foi de tirar o folego.






Nossa primeira parada foi na Ponte Alexandre III, descemos do BatoBus e fomos caminhando até o Palácio dos Inválidos, local planejado para receber os militares debilitados. No caminho tem um grande gramado que aproveitamos para brincar e correr um pouco.


De lá pegamos novamente o BatoBus e fomos até a próxima parada, Museu D'Orsay, não tínhamos intenção de entrar mas queria ver as esculturas de animais na frente e os arredores. Nesse horário o Nico aproveitou pra fazer um soninho no carrinho.

Do museu fomos caminhando beirando o Rio Sena, até chegar na Cathedral de Notre Dame, o quarteirão inteiro dela está fechado para reforma após o incêndio ocorrido dia 15 de abril de 2019.

Saímos de lá, passamos no centre pompidou, que não achei que valeu a pena e de lá fomos para o Louvre, também não íamos entrar mas queria ver de perto as pirâmides novamente. Acredito ser possível sim conhecer museus com criança mas o Louvre não foi nossa prioridade nesses dias. Nico aproveitou essa área na frente do Louvre com água e espaço para correr. De lá saímos para jantar e encerrar o dia



DIA 2

Iniciamos o dia no BatoBus pois achamos uma opção de transporte fácil, lindo e compramos o ingresso para dois dias, então utilizamos hoje também. Fomos até o Jardin Des Tuileries.

Que lugar incrível, jardim lindo, com fonte, pombos, patinhos, parquinho, carrossel, tudo que as crianças adoram! Lugar imperdível com crianças

Parquinho com piso emborrachado, todo de inox, indicativo de idade em cada brinquedo, apaixonante.

Primeiro Carrossel na vidinha do Nicolas, no dia anterior ele não quis ir e nos respeitamos, aqui ele quis e adorou

Saímos no parque, passamos na Place de La Concorde e fizemos uma parada para almoçar, passamos na igreja St. Madeline e partimos para a Champs Elysee. Nico dormiu nesse momento e entramos no Petit Palais, local gratuito e acessível aos carrinhos. Subimos toda a Champs Elysee até o Arco do Triunfo e de lá voltamos para a Torre Eiffel, tudo isso caminhando, Nico no carrinho e incomodado por causa do vento que estava demais nesse dia. Na ida até a torre fomos por uma rua lateral e achamos mais um parquinho pra crianças super lindo e bem estruturado. Sério que fiquei muito apaixonada pelos parquinhos que eles tem.

Voltamos de BatoBus pra casa.



DIA 3

Fomos até a Sacre-Coeur, pegamos o trem para chegar e o funicular para subir o morro da Basílica. O metro não é uma opção boa para carrinho, em vários locais precisamos pegar o carrinho no colo e descer ou subir degraus mas a maneira mais rápida e barata de chegar, a Basílica não fica muito próximo do centro mas pra mim é um local lindíssimo e que vale a visita.

Assim que descemos da estação de trem já vimos um Carrossel, um pouco mais a frente, nos pés da Catedral, tem um outro carrossel e um parquinho genial para os pequenos.





Saímos de lá e fomos de metrô até a Cité des Sciences, eles tem uma parte toda dedicada aos pequenos, separado por faixa etária mas infelizmente essa parte estava em reforma e não pudemos ir. Decidimos visitar o espaço mesmo assim e foi uma deliciosa surpresa, com diversas partes interativas, Nico conseguiu aproveitar bem. Ele fica dentro do Parc de la Villette e decidimos visitar todo o parque também.








O parque é sensacional, cheio de atividades, pula pula e parquinhos gratuitos, tem algumas atividades pagas também como carrossel, é tudo super bem cuidado, foi nosso favorito, disparado. Apesar de ser um pouco longe do centro de Paris, vale a visita e se programar pra passar o dia.


DIA 4

Dia de levar os pequenos pra conhecer a Disney, ela fica mais afastada do centro porém bem fácil de chegar. Pegamos um RER que nos deixou na porta dos parques. Optamos por ir em um dia de semana pensando em pegar o parque um pouco mais vazio, mas estava lotado!!!

Em Paris possuem dois parques, o Walt Disney e a Disneyland, optamos por ir nos dois parques no mesmo dia.

Fui com zero expectativa, pois normalmente o Nico assusta nos brinquedos e não quer ir em nenhum, mas ele se superou, quis ir em alguns e amouuu. Adorou também ver os personagens, a magia no olhar da criança é tão intensa, ver que ele realmente acha que o pateta falou oi pra ele é indescritível.



Algumas coisas não foram tão legais, a organização da Disney em Paris não chega nem aos pés da de Orlando, então tinha sujeira no parque, filas gigantescas e sem organização, inúmeros brinquedos fechados, banheiros bem sujos. Mesmo assim ver a carinha dele quando viu o Mickey fez tudo valer a pena.






DIA 5


Queríamos visitar o museu de História Natural, porém nesse dia ele estava fechado e não pudemos ir. Mesmo assim fomos até o jardin des plantes, local onde ele está situado, para conhecer o jardim, lá tem um parquinho, zoológico e uma grande área livre para os pequenos correrem.





Saimos de lá e fomos até o Jardin du Luxembourg, lá tem um parquinho sensacional, com areia e muiiiitos brinquedos pra crianças de todas as idades, porém esse parquinho é pago, 1€ por adulto e 3€ por criança, achei que vale a pena.





De lá fomos em direção da Torre de Montparnasse e tivemos a melhor visão de Paris, saímos e fomos até a Torre Eiffel pois queríamos vê-la de noite também.


Visão da Torre de Montparnasse





Todo nosso percurso nesse dia foi feito a pé, andamos muito, mas por Paris ser bem plana achamos super viável e conforme íamos andando descobríamos algo novo. Falamos que Paris é um museu a céu aberto, cada esquina você se depara com uma construção incrível antiga, super bem conservada e turística.

Adoramos nos "perder" pelas ruas de Paris, achei ótimo sair caminhando e conhecendo tudo em volta.


Observações finais:

Paris é uma cidade incrível para crianças, porém que não está tão preparada para recebê-las. Nos restaurantes não tinha cadeira de alimentação e muito menos trocador, todas as trocas eram feitas em cima da privada com o Nico de pé.

Os metros não tem nenhuma acessibilidade e são super perrengue pra ir com carrinho de bebê.

O atendimento achei que melhorou muito, quando comparado a 2007 quando estive em Paris, mas se comparado ao Brasil eles não são nada simpáticos.

Aqui que vimos os parquinhos mais sensacionais de todos os lugares que já passamos, parquinhos gratuitos, com uma baita infraestrutura, piso emborrachado, indicativo de idade nos brinquedos, tudo muito incrível, voltamos encantados.

Cidade bem plana, ótima para as caminhadas com carrinho de bebê.

Tiveram muitas coisas que gostaríamos de ter feito mas ou não deu tempo ou estava fechado quando fomos, como o Jardin d'Acclimatation, Cité des Enfants e o Museu de História Natural

Sim, Paris é excelente para crianças, nosso Nico amou tudo, ver a Torre Eiffel, passear de barco, os parquinhos e nem se incomodou de trocar fralda de pé, tudo valeu a pena.


Au Revoir Paris




  • Instagram
  • Facebook ícone social

© Copyright – 2018 Materhood.     Todos os direitos reservados.